default-logo
Viajar no inverno

5 lugares para viajar no inverno

 

Há quem torça o nariz com o frio, mas os melhores lugares para viajar no inverno trazem um bom vinho, fondue, lãs e aconchegos! Veja as nossas propostas!

 

Viajar no inverno sempre dividiu opiniões. Mas nós estamos aqui para as agitar!

É verdade que os dias mais curtos exigem roteiros bem planeados. Mas o frio e a luz ténue cobrem alguns lugares com uma camada especial de magia e, nesta altura do ano, quanto mais natalícios, melhor 🙂

Aqueça o seu coração com as nossas propostas!

 

1. Montalegre

Montalegre - Viajar no invernoProcure no calendário uma sexta-feira 13, e marque a sua viagem para Montalegre para essa altura.

Sorte ou azar, cada qual decide; mas Montalegre decidiu pela sorte, porque neste dia a vila enche-se de uma folia muito própria, e aquece os visitantes com a Feira do Fumeiro. Imagine: num sítio só, todos os melhores produtos da região. Um verdadeiro rally gastronómico!

Não deixe de admirar a panorâmica a partir do Castelo, e pousar o olhar sobre o Rio Cávado – um presente único da natureza.

E no regresso, porque não passar pela freguesia de Portugal mais antiga? Pitões das Júnias vai surpreendê-lo.

 

2. Madeira

Madeira - Viajar no invernoAs temperaturas estáveis e amenas da Madeira, por si só, são um irresistível apelo quando o inverno chega.

Se a isso juntarmos inúmeras atividades, como fazer levadas (lindíssimas!), experimentar as alturas do teleférico e visitar o Jardim Tropical Monte Palace, terá dias perfeitos. Este jardim é de uma beleza indescritível – contém dois jardins orientais, com vários elementos chineses e japoneses, lagos brilhantemente projetados, e um cenário envolvente de montanhas idílicas. A sensação ao entrar é de uma paz extrema, como se estivéssemos numa outra dimensão. Imperdível.

Depois de pacificar a alma, é tempo de pacificar o estômago com as mais variadas iguarias, como a poncha, o pé de cabra, a tradicional espetada e o bolo do caco.

Já começou a fazer a mala? 🙂

Pesquisar preços

 

3. Oslo

Oslo - Viajar no invernoAqui, o frio é a sério. Nunca poderá abdicar dos casacos mais robustos.

Contudo, vai ficar agradavelmente surpreendido com a organização da cidade e dos seus serviços, o que por si só proporciona prazer ao passear na cidade.

Vai adorar a arquitetura grandiosa da Casa da Ópera, e não vai resistir a um espetáculo musical. E para o périplo ficar completo, anote: Universidade de Oslo, Museu da Cidade, Radhuset e Parque Vigeland. O melhor de tudo é que a entrada nestes locais é gratuita!

Pesquisar preços

 

4. Varsóvia, Polónia

Varsóvia - Viajar no invernoApesar de ter passado por dias cinzentos, por ter presenciado a perseguição dos judeus e por ter sido praticamente desmantelada no pós-guerra, Varsóvia ensina-nos uma grande lição. Não se tornou uma cidade sisuda. Hoje, consegue sorrir feliz.

Tudo foi reconstruído tijolo a tijolo, e muitos turistas a visitam, ávidos por presenciarem os tesouros recuperados. O seu aspeto medieval fá-la parecer que saiu de um conto de fadas. Tem um ar limpo, cuidado e convidativo.

A vida pulsa nas ruas. Pessoas bonitas e acolhedoras enchem os cafés, bares e restaurantes até altas horas

Infelizmente, não tem a fama de algumas cidades da Europa, mas sem dúvida que merece ser visitada.

Pesquisar preços

 

5. Andaluzia

Andaluzia - Viajar no invernoQuer fugir do frio a todo o custo? Andaluzia é o lugar! 🙂

O sul da Europa, nesse aspeto, é imbatível. O clima oscila entre 5 e 18 graus nos meses de inverno.

Andaluzia é paixão à primeira vista. Destacamos Sevilha, Granada e Córdoba – cidades com muita história, tradição cultural e muita animação. Mas se tiver que escolher uma, aconselhamos Sevilha, com uma oferta inesgotável de atrações.

Poderá mergulhar nas cores vibrantes do artesanato, na magia das paisagens, na alegria das gentes, e será contagiado pela música e pela noite.

Um dos locais obrigatórios é Alhambra, em Granada. Trata-se de um rico e complexo palaciano e fortaleza, cujo ponto forte é a decoração com arte islâmica. Exibe as mais famosas obras muçulmanas da antiguidade, juntamente com estruturas cristãs do século XVI.

A sobreposição de povos e histórias nesta região é assombrosa. A não perder!

Pesquisar preços

Na verdade, nem só de primavera e verão vivem as viagens. A estação que verdadeiramente interessa é a do bichinho viajante que não nos larga, nem no inverno 🙂

Já visitou algum destes lugares? Conte-nos a sua experiência em baixo, nos comentários!

Rondatur
Somos uma agência de viagens especializada em fazer o mundo sorrir para si!

Deixar um comentário

*